Confiabilidade humana - PCS5006

8.10.05

Modelo SHELL


O papel do ser humano no modelo SHELL

S – Software – corresponde a regras e procedimentos (manuais, ordens,...).
H – Hardware – corresponde a máquinas e equipamentos.
E – Environment – Ambiente.
L – Liveware – ser humano. Está no centro do modelo (operador) e na lateral, com o homem com quem o operador interage.
O modelo considera o homem como integrado no sistema, e não isoladamente. Desta forma, todos os processos devem ser analisados pela combinação dos elementos SHEL. Erro humano seria então o resultado de algum desarranjo nas interações entre os elementos.
Neste modelo as interfaces devem ser analisadas deforma a verificar os problemas associados à interação L – SHEL.
O modelo não trata especificamente de desempenho, apenas procura organizar o tratamento das análises a serem feitas.
O modelo não trata também de aspectos organizacionais. Para isto, as referências se apoiam normalmente no modelo de Reason.
O modelo é bastante genérico. Não observei caracterizações/particularizações nos vários textos observados. Talvez ao usar o modelo o pesquisador seja incentivado a entrar em detalhes de cada um dos elementos components SHEL.
O modelo SHEL é utilizado no campo da aviação (artigo 1-2) e marítmo (artigo 4), como uma ferramenta de auxílio e orientação na coleta de dados.

Referências
AYEKO, Marcel. Integrated Safety Investigation Methodology - ISIM - Investigating for Risk Mitigation. Disponível em http://www.itsasafety.org/data/2002/Glasgow_Paper_RichText.pdf. Acesso em 30 set. 2005.
PEZZOPANE, A. C. A Systematic Approach to a systematic analysis of an aviation accident. Airmanshiponline.com, march 2003. Disponível em http://www.airmanshiponline.com/marzo2003/01-Systemic analysis.pdf. Acesso em 30 set. 2005.
MARIGGIÒ, Paolo. Overrun accident. A Bangkok, Thailand, 23 settembre 1999 Boeing 747-438, VH-OJH, Qantas One. Disponível em http://www.airmanshiponline.com/marzo_2005/01-Qantas never crashed-1.pdf. Acesso em 30 set. 2005.
ITOH, HIROKO, et al. An Extension of m-SHEL Model for Analysis of Human Facotrs at Ship Operations. In: 3rd International Conference on Collision and Grounding of Ships (ICCGS 2004). Proceedings. Japan, Ovtober 25-27, 2004. p 118-122.

2 Comments:

  • Complementando as definições das letras, acrescento:

    S: além das regras e procedimentos, também o código computacional. Regras e procedimentos informais também valem.

    H: além de máquinas e equipamentos (no sentido geral, desde computadores até veículos), ferramentas, sinalização

    E: ambiente não só físico (por exemplo, aspectos meteorológicos) mas também organizacionais

    L: o ser humano, suas relações e comunicação

    By Blogger Lucia Filgueiras, at 6:27 PM  

  • legal

    By Anonymous Anônimo, at 6:07 PM  

Postar um comentário

<< Home